XV Seminário de Prevenção ao HIV 20 a 22 de Outubro de 2017 - Rio de Janeiro



"Promover a Prevenção, Garantindo o Cuidado", foi o tema do XV Seminário de Prevenção ao HIV, promovido pela Pastoral da AIDS na cidade do Rio de Janeiro no período de 20 a 22 de Outubro de 2017.
Com a participação de vários Agentes do Brasil e convidados, os assuntos abordados deram ênfase ao serviço do "Cuidar", desde a avaliação da Estratégia 90-90-90 proferida pelo Ministério da Saúde aos avanços e limites das estratégias de trabalho para o SUS.
O diálogo dos participantes, com as apresentações dos painéis do acompanhamento as pessoas que vivem com HIV mostraram como é possível fazer o enfrentamento da epidemia por meio das campanhas de prevenção e incentivo do cuidado.
Os momentos de espiritualidade também visaram a força que o agente da Pastoral precisa para continuar no serviço.
Nós últimos momentos do evento os agentes puderam debater nos grupos de trabalho quais as possibilidades de intensificar e o que é possível inovar no trabalho da pastoral nos aspectos da prevenção e do cuidado.
Por fim, a aprovação do documento oficial do evento, que dá ênfase com as sugestões dos agentes assim como a apresentação do material que será usado na campanha de 1° de dezembro (que logo será divulgado) os agentes e convidados tiveram o prazer de compartilhar o que a Pastoral da AIDS tanto vincula em todo seu trabalho. O acolhimento, a informação e o compromisso social.













PASTORAL DA AIDS REALIZA O 15º SEMINÁRIO NACIONAL DE PREVENÇÃO

O 15º Seminário Nacional de Prevenção ao HIV será realizado de 20 a 22 de outubro de 2017, no CEFEC-Centro de Formação e Espiritualidade Cabriniana - Rua Conde de Bonfim, 1305 - Tijuca – Rio de Janeiro/RJ com o tema “Promover a prevenção, garantindo o cuidado”. Esta edição tem como o objetivo de analisar a atual conjuntura do enfrentamento da Aids no Brasil observando a promoção da prevenção combinada rumo a meta 90-90-90, garantia do tratamento humanizado pelo SUS e o cuidado integral da pessoa humana.
Vivemos um cenário mundial dinâmico em que, 19,5 milhões dos 36,7 milhões de pessoas vivendo com HIV tiveram acesso ao tratamento e mortes relacionadas à AIDS caíram de 1,9 milhão em 2005 para 1 milhão até o final de 2016. Segundo o relatório, “Acabando com a AIDS: progresso rumo às metas 90–90–90”, disponibilizado pelo Programa das Nações Unidas sobre HIV – UNAIDS, em 2016, mais de dois terços (84%) das pessoas vivendo com HIV conhecem seu estado sorológico positivo. Das pessoas diagnosticadas HIV positivas, 79% estão vinculadas aos serviços, e das pessoas em tratamento, 91% tem carga viral indetectável devido a adesão ao tratamento. Globalmente, o progresso tem sido significativo, mas ainda há muito trabalho a ser feito. Cerca de 26% das pessoas vivendo com HIV ainda não conhecem o seu estado sorológico positivo, aproximadamente 17,1 milhões de pessoas vivendo com HIV não têm acesso à terapia antirretroviral e mais de metade de todas as pessoas que vivem com HIV não tem carga viral indetectável. 
Segundo o site da Agência Brasil, o Ministério da Saúde estima que 830 mil pessoas vivem com HIV/aids no Brasil até 2016. Dessas, cerca de 136 mil não sabem que estão infectados. E do total dessas pessoas soropositivas, 372 mil ainda não estão em tratamento, apesar de 260 mil delas já saberem que estão infectadas.
O Papa Francisco chama a atenção para o cuidado de nossa casa comum e a necessidade de uma conversão integral. “As atitudes que dificultam encontrar caminhos de solução, mesmo entre os crentes, vão desde a negação do problema à indiferença, da resignação acomodada à confiança cega nas soluções técnicas. Precisamos de uma nova solidariedade universal”. Deste modo o sumo Pontífice nos aponta caminhos para vencer os desafios que ameaçam a vida e nos fortalece na garantia do cuidado. 


Pe. Mauro Sergio Marçal                           Ana Carolina Barbosa de Souza             
Assessor Nacional da Pastoral da Aids      Secretária da Pastoral da Aids

Pastoral da AIDS


Pastoral da AIDS- Regional Oeste 2, participa do DNJ - Dia Nacional da Juventude, com mais de 1500 jovens, com ação de prevenção, na Diocese de Primavera do Leste/Paranatinga com jovens de Primavera e região.
Dia de muita alegria, louvor, adoração e gratidão.













Pastoral da AIDS - Apoia o Outubro Rosa


Pastoral da AIDS Regional Oeste 2, com seus agentes estiveram presentes, apoiando Outubro Rosa em Primavera do Leste MT🌹 
Prevenção contra o câncer de mama é um grande movimento no sentido da proteger a saúde da mulher de forma integral .

Valorize sua vida faça o auto-exame.

Presença do Padre Divino.
Clube Cavalheiros Negros fazem doação a Pastoral da AIDS.

Pastoral da AIDS - Regional Oeste 2, recebe doação de cestas básicas do moto Clube Cavalheiros Negros, para beneficiar famílias assistidas.
Recebimento na data de 30/09/2017 - Primavera do Leste - MT. na Diocese de Primavera do Leste/Paranatinga.
A Pastoral agradece.

astoral da AIDS



Conheça a missão da Pastoral da AIDS






A Pastoral da Aids do Regional Oeste 2 é um serviço da Igreja que atua no enfrentamento da epidemia do HIV. É o cristão capacitado e comprometido no trabalho de prevenção e acompanhamento das pessoas que vivem com Aids. É a Igreja comprometida para que a vida prevaleça, segundo o ensinamento de Jesus: “Eu vim para que todos tenham vida”.

MISSÃO:
Em comunhão com a igreja, evangelizar homens e mulheres e atenta às necessidades das pessoas que vivem com HIV, trabalhar na prevenção e contribuir com a sociedade no controle da epidemia, envolvendo todos os cristãos na luta contra a Aids.


COMPROMISSO: “Consideramos de grande prioridade fomentar uma pastoral com pessoas que vivem com o HIV - Aids, em seu amplo contexto e em seus significados pastorais: que promova o acompanhamento compreensivo, misericordioso e a defesa dos direitos das pessoas infectadas; que implemente a informação, promova a educação e a prevenção, com critérios éticos, principalmente entre as novas gerações para que desperte a consciência de todos para conter a pandemia. A partir desta V Conferência pedimos aos governos o acesso gratuito e universal aos medicamentos para a Aids e a doses oportunas” (Documento de Aparecida, 421).

Linhas de Ação:

01 - Mística e Espiritualidade
  • Formação continuada dos agentes
  • Elaboração de subsídios formativos para o cuidado da animação das equipes
  • Realização da Vigília pelos Mortos de Aids
02 -Prevenção
  • Campanhas informativas
  • Capacitação de novos agentes
  • Elaboração de material informativo
  • Presença em Romarias e eventos de massa para conscientizar os cristãos da realidade da Aids.
03 - Acolhida e Solidariedade
  • Criação de Grupos de apoio e convivência
  • Acompanhamento a pessoas que vivem com HIV/Aids através de visitas domiciliares e hospitalares
  • Apoio a centros de convivência
  • Apoio às famílias das pessoas que vivem com HIV/Aids

04 - Articulação e Parcerias
  • Participação nas articulações pastorais em vista da pastoral de conjunto
    Intercâmbio com outras redes, Ongs
  • Participar e colaborar na organização de manifestações no Dia Mundial de luta contra a Aids
05 - Incidência política
  • Formação dos agentes para que sejam capazes de demandar políticas públicas
  • Participação nas instâncias de controle social
  • Defesa dos direitos das pessoas que vivem e convivem com HIV/Aids
  • Defender o acesso universal ao tratamento (medicamentos, consultas, exames, outros insumos)
Materiais de formação e informação

  • Boletim – edição trimestral
  • Folhetos e Cartazes
  • Guia do Agente da Pastoral
  • Livros: - Viu e teve compaixão...
    - Igreja e Aids: Presença e Resposta
    - Vulnerabilidade Social e Aids
    - Igreja e Aids: Muito além do Amor
Se você quiser contribuir com o Blog escreva para:
maviane_@hotmail.com  (Maviane Damitz). Telefone 66 9 9998-2597